Six Senses Laamu: Ilhas Maldivas em sua melhor forma

O Six Senses Laamu é o único resort no atól Laamu, no Oceano Índico. Aaah… as paradisíacas Ilhas Maldivas. Um breve vôo entre o aeroporto internacional de Malé e uma bela viagem de barco nos levam para um lugar onde golfinhos nadam em liberdade, onde nascem tartarugas, Mantas são presença comum e onde o pôr do sol é mágico. Esse resort incrível é uma combinação de vilas que ficam no continente e palafitas (sobre a água), tudo construído com material sustentável e em meio a palmeiras e vegetação exuberante. Passei uma semana nesse lugar de sonhos e vou te contar tudo que você precisa saber antes de viver essa experiência. Vem comigo!

Antes mesmo de embarcar a viagem já começa – o hotel entra em contato para oferecer os mais diversos tipos de informação (desde temperatura e atividades até o que levar na bagagem) e envia um questionário onde é possível anotar preferências em relação à música, comida, lazer, etc.

Tire os sapatos...
Tire os sapatos

CHEGADA… Tire seus sapatos

Atenção porque a diversão é garantida no trajeto entre Malé (capital) e o hotel pois a vista do avião é daquelas que a gente nunca está preparado – é atol para perder de vista e os mais belos tons de turquesa do mundo. Tudo tão lindo e especial que eu até esqueci o meu medo de voar. Todos os detalhes do trajeto, inclusive o vôo e o barco, são organizados pelo hotel e não é necessário se preocupar com nada. Serviço muito atencioso!

Vista aérea das ilhas Maldivas
Vista aérea das ilhas Maldivas

Depois do vôo, o deslocamento é feito de barco e esse trajeto também é belíssimo e confortável: são servidos drinks, toalhinhas refrescantes e você será convidado a tirar os sapatos, para somente voltar a vesti-los no dia da partida. Afinal, quem precisa de sapatos nas ilhas Maldivas, né?!

Trajeto de barco até o Six Senses Laamu
Trajeto de barco até o Six Senses Laamu

Assim que chegamos na propriedade, nosso GEM (Guest Experience Maker) nos aguardava com um sorrisão e já sabia tudo sobre nós. Fomos gentilmente recebidos pelo querido Abdullah, a pessoa mais atenciosa e simpática que poderíamos ter encontrado e que principalmente sabia tudo o que importava – a hora certa para mergulhar, o melhor momento para fazer snorkel e quais mesas reservar nos restaurantes. Fiquei chocada com a maneira como ele nos acolheu e como entendeu rapidamente tudo o que nós curtíamos, nosso estilo. Para dar um exemplo da eficiência, eu tive o dom de cair e me machucar. Em cinco (CINCO!!!) minutos lá estava o Abdullah com três tipos de medicamentos na nossa porta.

Admito que somos (principalmente eu) hóspedes bem exigentes e nosso GEM realmente conseguiu causar uma impressão irretocável.

Primeiras impressões
Primeiras impressões
Passarela para o paraíso
Passarela para o paraíso
Mar turquesa fenomenal
Mar turquesa fenomenal

VILAS

Nosso GEM nos levou para conhecer o hotel, explicando em detalhes como tudo funcionava, os horários e atividades interessantes… até que chegamos na nossa vila e foi amor a primeira vista. Independente da escolha (vila na areia ou em palafitas), todas são um sonho – tem música rolando, cheirinho especial de férias e aquela sensação boa de que dias fantásticos estão por vir.

Piscina e praia privadas
Piscina e praia privadas

Nos hospedamos numa Beach Vila (na praia) imensa e adoramos. Chuveiro e banheira ficavam num jardim bem espaçoso, lindo, com vista para o a floresta e o mar. Além disso, tínhamos ainda nossa própria casa da árvore, onde pedimos café da manhã algumas vezes e tomamos champagne à noite, sob a luz das estrelas e com o barulhinho do mar.

Nossa casa da árvore
Nossa casa da árvore

Não posso deixar de mencionar os amenities delícia e em abundância que eram frequentemente repostos, a seleção de música mara e a cama giga. Tudo simplesmente fabuloso e a apenas alguns metros da nossa praia particular.

Nossa vila
Nossa vila
Quarto com vista
Quarto com vista
Banho no jardim
Banho no jardim
Tudo isso exatamente em frente ao mar
Tudo isso exatamente em frente ao mar
Paraíso
Paraíso
Piscina privada com vista para o mar
Piscina privada com vista para o mar

Aqueles que preferem se hospedar nas vilas sobre a água, tem também a opção de piscina privada e parece ser bem bacana. Rolam mais fotos no website do hotel e também no Instagram oficial.

Vilas sobre a água
Vilas sobre a água

Todos os tipos de acomodação podem ser encontrados aqui.

BICICLETA

Outro detalhe que amei no Six Senses Laamu, tanto quando o conceito de viver descalço, foi o fato de andarmos de bicicleta o dia inteiro, para todos os lugares. Exploramos cada cantinho da ilha pedalando, íamos tomar cafe da manhã, visitar a piscina principal, para o Spa, jantar… tudo de bike.

Paradinha para mergulhar
Paradinha para mergulhar

O atendimento é tão pessoal e cuidadoso nessa propriedade, que nossas bicicletas contavam até com nossas iniciais que, diga-se de passagem, eu queria levar para casa para usar na minha bike vida real. Haha! Que delicadeza!

Nossas bikes com iniciais
Nossas bikes com iniciais

PISCINA

Nós visitávamos a piscina principal com frequência e com as fotos abaixo vocês entenderão o motivo. Tem lugar mais digno para relaxar e aproveitar o sol?

A piscina perfeita
A piscina perfeita

Nessa piscina tem um bar demais, que serve drinks gostosos (para beber dentro d’água mesmo) e o restaurante Si Sip, onde almoçamos diversas vezes e onde provei a pizza de atum fresco mais saborosa da vida (obrigada pela dica, Lora!). Também consta no menu sushi, burgers, snacks… tudo preparado com ingredientes provenientes do jardim orgânico do hotel, no melhor estilo “farm to pool”.

Algumas mesas ficam dentro da piscina
Algumas mesas ficam dentro da piscina

Essa é a área mais agitadinha do hotel durante o dia, mas nunca cheia, o balanço perfeito. Gostávamos de almoçar por ali e relaxar por algumas horas observando o movimento. Às vezes nem íamos mais embora, só após o pôr do sol, porque era apenas gostoso demais e a preguiça batia forte. Haha!

Maravilhoso! Lugar perfeito para relaxar
Maravilhoso! Lugar perfeito para relaxar
Pensem numa saudades
Pensem numa saudades

Ah! E aqui o pôr do sol também é incrível, hein?! Recomendo.

Adoro as palmeiras e jardins no meio da piscina
Adoro as palmeiras e jardins no meio da piscina

EVENTOS

Sunset parties regadas a espumante, vinho, fingerfood e cocktails rolam na frente da piscina alguns dias da semana durante o pôr do sol (como sugere o nome) com dança e músicas locais. Tudo tão único que cheguei até a me emocionar. É a oportunidade perfeita para conhecer outros hóspedes e o staff do hotel. Conhecemos pessoas interessantíssimas como o professor de ioga tibetano – que dividiu com a gente sua história de vida incrível – e tivemos tempo para boas risadas com nossos anfitriões favoritos – Lora and Abdullah. 🙂

Dança e música típica das Maldivas
Dança e música típica das Maldivas

Todas as noites rola um evento diferente e lógico, é decisão do hóspede participar ou não. Achei mágico o cinema na praia, iluminado apenas pelas estrelas, e também curti as noites com DJ no Chill bar. Além disso, com exceção do Sip Sip, todos os restaurantes e bares funcionam à noite e opção gastronômica de alta qualidade não falta.

SPA INDULGENCE

No Six Senses Laamu , a estada pode ser exatamente como quisermos e por isso temos a liberdade de escolher entre “apenas” relaxar, nadar, mergulhar, comer e aproveitar as paisagens ou podemos optar por um programa de bem-estar. São inúmeras opções de tratamentos coordenados e executados por experts.

Escolhemos um programa misto e recebemos instruções de profissionais na questão de sono, alimentação e terapias. Fez uma super diferença e eu, que não estava muito animada para começar, fui a que mais curti.

Lógico que a melhor parte são as massagens (sublimes, extasiantes, perfeitas!!!) e tratamentos no Spa. Spa esse que nunca ví igual, gente! Fenomenal define! Fica no meio da floresta e as massagens agendadas para casal acontecem em uma sala chamada “ninho”, com vista total para o mar. Independente da temperatura do lado de fora, o “ninho” está sempre fresquinho.

"Ninho", o lugar perfeito para massagens
“Ninho”, o lugar perfeito para massagens

Antes de iniciar a massagem ou tratamento, o terapeuta pergunta se queremos música ou “som do mar”. Tem que ser som do mar, né?! Que coisa mais surreal!

Ao final do tratamento somos levados para o lounge do Spa, onde escolhemos algum dos diversos sucos detox orgânicos, nos acomodamos e observamos a paisagem. Sintam o drama!

Vista do lounge Spa Six Senses
Vista do lounge do Spa Six Senses

Saiba mais sobre os tratamentos e terapias oferecidos aqui.

RESTAURANTES

O Six Senses Laamu conta com um jardim orgânico com mais de 40 tipos de ervas, vegetais, folhas e micro-ervas em sua propriedade. A cooperação entre chefs e seus times com os jardineiros resultou num menu orgânico, saudável e fresco, diretamente do jardim para o nosso prato. Devido ao sério comprometimento com o meio-ambiente, o Six Senses Laamu tenta produzir o máximo de ingredientes possíveis a serem utilizados em suas cozinhas.

Jardim orgânico no Six Senses Laamu
Jardim orgânico no Six Senses Laamu

Assim que o staff do hotel percebeu que me interessei pelo jardim, fui convidada para um pequeno tour e foi interessante conhecer, cheirar e provar alguns temperos e ervas asiáticos sobre os quais eu nunca tinha ouvido falar.

O hotel conta com 6 bares e restaurantes (veja todos aqui), a maioria em palafitas e cada qual com sua atmosfera única:

– LEAF é o restaurante gourmet, localizado exatamente acima do perfumado jardim orgânico, com vista total para o mar e um interior belíssimo, meio boho.

Restaurante Leaf, no Six Senses Laamu
Restaurante Leaf, no Six Senses Laamu

Esse é meu restaurante preferido e onde provei pratos deliciosos e lindos. Na época, o chef ou sous-chef tinha acabado de retornar de um curso em Portugal e preparou alguns pratos bem exóticos com inspiração portuguesa e ingredientes locais.

Salada mara como entrada
Salada mara como entrada

Uma característica divertida desse restaurante é que ele pode ser acessado por uma escada normal ou por uma ponte, que é meio “perigosa”, balança demais e é preciso descobrir o truque para atravessar-la com classe. E não, não vou contar o truque. 🙂

Meu boy e a Lora prontos para cruzar a ponte
Meu boy e Lora prontos para cruzar a ponte

Veja o menu delícia aqui.

– Zen é o restaurante japonês. Fica num deck mais alto, em cima da água e apenas 12 pessoas podem jantar aqui (tem que reservar!) em lounges confortáveis ou mesas convencionais com vista para o oceano Índico. O menu mescla sushi e sashimi com Kaiseki (comida da realeza japonesa). Qualidade do peixe e sabor dos pratos excepcionais mas confesso que enjoei um pouco pois meu marido queria jantar aqui todos os dias. Foi sem dúvidas o restaurante que ele mais gostou.

Kaiseki
Kaiseki
Atum do jeito que eu gosto
Atum do jeito que eu gosto

Menu aqui.

– Longitude é a opção internacional, também localizado sobre a água e com opções à la carte e buffet. São dois andares com vistas de tirar o fôlego.

Atum delícia
Atum delícia

Como não somos muito fãs de buffets, não testamos essa alternativa e preferimos as opções à la carte, sempre nas mesas mais próximas a água, as melhores.

Que tal uma refeição aqui?
Que tal uma refeição aqui?

O café da manhã é servido nesse restaurante. São diversas opções num buffet (para café da manhã eu curto) completíssimo e cuidadosamente apresentado. Sem glúten, com glúten, diet, estilo inglês, estilo asiático, estilo mediterrâneo, todos os tipos de frutas, pães, sucos frescos, doces… melhor parar por aqui pois a lista seria sem fim.

Frutas exóticas
Frutas exóticas
Apresentação maravilhosa
Apresentação maravilhosa

Talvez minha parte preferida do café da manhã tenha sido o suco orgânico preparado na hora, com qualquer ingrediente, à escolha do cliente. A seleção de queijos e frios também me conquistou pela bela apresentação e delicadeza.

Reserve sua mesa aqui
Reserve sua mesa

Veja o menu aqui.

– Chill Bar é “O” point. Moderno, jovem, boa música, ambiente relaxado e o melhor pôr do sol da vida. Vários hóspedes optam por terminar o dia por aqui, assim como nós.

Pôr do sol no Chill bar
Pôr do sol no Chill bar

Além dos drinks bem preparados, é possível provar especialidades vietnamitas, que estavam tão saborosas quanto algumas que provei no Vietnam.

Bem na frente do bar, há uma ótima área de snorkel. Por isso, boa música, boa comida e drinks não são os únicos motivos para passar umas boas horas nesse lugar.

Snorkkling na frente do Chill bar
Snorkeling na frente do Chill bar

Segue o menu.

– Ice & Chocolate Studio é o tipo de lugar que a gente nem acredita que existe. Afinal, chocolate de qualidade num lugar tão quente como as Maldivas? Sorvete de graça o dia todo? Gente, existe isso sim! E está logo ali no Six Senses Laamu. Vejam o menu e os sabores super inovadores.

– Sip Sip é o restaurante e bar da piscina, que já mencionei acima. Tudo delícia, tudo saudável.

Melhor pizza de atum fresco
Melhor pizza de atum fresco

Veja o menu.

EXPERIÊNCIAS 

Há atividades para todos os gostos e idades no Six Senses Laamu e é impossível se entediar. Devo admitir que apesar de ter planejado participar de várias dessas atividades, acabei deixando algumas de lado para tomar sol, nadar e curtir o marido.

Dá pra relaxar mais que isso?
Dá pra relaxar mais que isso?
É "relaxo" demais, Brasil! Haha!
É “relaxo” demais, Brasil! Haha!

As experiências variam um pouco dependendo da época do ano e abaixo listarei algumas:

– Mergulho é a principal atividade no Six Senses Laamu por motivos óbvios – água cristalina e a rica vida marinha, espécies raras e também comuns de peixes em uma das principais áreas para mergulho do país.

– Mergulho Matinal é para quem curte descobrir o que rola debaixo d’água, nos corais, logo ao nascer do sol. O passeio tem início ainda na escuridão e os primeiros raios solares são observados durante o mergulho.

– Full Dive Excursion consiste em mergulhar praticamente o dia todo. Quem optar por esse passeio, passa a maior parte do dia num barco visitando lugares famosos de mergulho e o almoço é servido a bordo.

– Mergulho Noturno é especial para quem é louco e quer explorar o mar e os corais durante a noite. Eu nunca mergulhei à noite mas supostamente é bem interessante e diferente.

– Esportes Aquáticos são uma atração à parte no Six Senses Laamu. É possível encolher entre surf (melhor época entre abril e outubro), wakeboard, ski aquático, windsurf, velejar (com golfinhos pelo caminho), kayak, Stand up paddle, etc.

Velejar é vida
Velejar é vida
De kayak por aí
De kayak por aí

– Snorkel é obrigatório, né?! Basta buscar o equipamento so centro de mergulho e se jogar na água. Os instrutores nos indicaram os melhores cantos para ver peixes e foi demais. Costumávamos sair de bike pela ilha e íamos parando nos pontos que queríamos mergulhar. Vimos tartarugas, mantas e diversos peixes de corais. AMO!

Nossa vista enquanto fazíamos snorkel bem em frente a nossa vila
Nossa vista enquanto fazíamos snorkel bem em frente a nossa vila

– Passeio para ilhas próximas ao hotel serve para conhecer uma autêntica ilha nas Maldivas. Não as ilhas reservadas para hotéis, mas aquelas onde as pessoas realmente vivem. É possível visitar a escola, a mesquita, locais de construção de botes, conversar com alguns locais, etc.

– Ioga é uma opção delícia para respirar e se exercitar no resort. Testei a aéro Ioga e quase morri foi demais!

– Jantar no banco de areia é com certeza uma das opções mais românticas e especiais. Meu marido marcou de surpresa e aproveitei cada segundo. Uma das melhores memórias.

Jantar para dois
Jantar para dois

– Pic Nic numa ilha deserta é muito WOW! Não fizemos pois deixamos para marcar na última hora e não havia mais disponibilidade. Deve ser perfeito para um pedido de casamento, para quem está em lua de mel ou para quem está “só” apaixonado mesmo. Agora tenho ainda mais um motivo para voltar pois tenho que fazer esse passeio.

Saiba mais aqui.

SUSTENTABILIDADE

Durante nossa estada tivemos o prazer de conhecer o hotel mais afundo e de visitar as dependências que quase ninguém vê. Fiquei impressionada, agradecida e orgulhosa com o trabalho que é feito no local, com a seriedade e comprometimento com a vida marinha e com o meio ambiente. Existe a preocupação real com reciclagem, economia de energia, limpeza e uso consciente de água e com a produção de grande parte do que é consumido e utilizado na propriedade – até mesmo as roupas dos funcionários são produzidas no hotel. Demais!

Paraíso sustentável
Paraíso sustentável

Depois de tudo que escrevi resta alguma dúvida de que amamos cada segundo dessa visita ao Six Senses Laamu? Eu e meu marido precisávamos urgente de sol, praia, natureza, ar puro e dias de puro relax, só sendo mimados. Encontramos isso e muito mais nesse édem turquesa e voltamos para casa com memórias especiais e as baterias recarregadas.

Vida difícil
Vida difícil

Já escrevi a palavra “pôr do sol” cem milhões de vezes, certo?! É inevitável! Afinal, presenciei os mais maravilhosos do cosmo nas Ilhas Maldivas, no Six Senses. Conforme os dias iam passando e nos familiarizávamos mais com o local, descobrimos mais e mais lugares para observar o sol se pôr. A foto abaixo tiramos na “nossa” praia.

As the sun goes down...
As the sun goes down…

Olhando essas fotos agora deu aqueeeela saudades. Mas quer saber? Eu sei que vou voltar!

E quem sabe não encontro um de vocês por lá?!

Desculpa, tive que pular!
Desculpa, tive que pular!
Não se perca!
Não se perca!
Quero voltar!
Quero voltar!

COMO RESERVAR: Reservas aqui, direto com o hotel.

Saiba mais sobre as ilhas Maldivas nesse post.

Espero que tenham gostado do artigo. Bora arrumar a mala e brilhar! 🙂

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Você também pode gostar de

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *