Praia da Comporta: o destino mais descolado do verão fica em Portugal

Foi o verão da Praia da Comporta! Em 2017 nenhum outro destino foi tão comentado e concorrido no verão europeu como a praia azul turquesa da Comporta, a apenas 120km de Lisboa.

Já fazia alguns anos que queria conhecer mas por algum motivo sempre adiava. Esse ano eu fui! Aeeee!!!! E lógico que vou dividir cada detalhe aqui com vocês – os melhores restaurantes, as praias mais bacanas e as opções de hospedagem mais incríveis.

A Praia da Comporta fica na Herdade da Comporta, no Alentejo – são 12km de praias de areia branca e águas cristalinas rodeados por dunas e pinhal, e regados pelos imensos arrozais que pintam a paisagem de verde. Trata-se de uma reserva natural agrícola e turística com planejamento e desenvolvimento sustentável que abriga a Praia da Comporta, Praia do Pego, Praia do Carvalhal, Praia da Torre e a Praia dos Brejos, além dos vilarejos Carrasqueira, Cambado, Possanco, Comporta, Brejos, Lagoas, Torre e Carvalhal e as lindas dunas. Tudo isso é a Comporta (não apenas a Praia da Comporta) e o responsável/dono da região é o grupo Espírito Santo, maior grupo de bancos de Portugal.

Arrozais irrigados mantém a região verde
Arrozais irrigados mantém a região verde

Chamada de “anti-Algarve” pelo New York Times, a região é deliberadamente pouco desenvolvida e mantém aquele ar de lugar inexplorado, sem um mundo de turistas, sem praia lotada, sem grandes hotéis (isso deve mudar em breve). A pegada é meio hippie-chic, meio boho, super low profile e elegante e a frequência é das melhores – casais jovens e famílias (ví muitos portugueses, brasileiros, espanhóis, franceses e ingleses), além de alguns visitantes ilustres como Madonna, Philippe Starck, Carla Bruni e Christian Louboutin.

Mar azul nível Caribe na Praia do Pego
Mar azul nível Caribe na Praia do Pego

Eu já tinha ouvido de tudo antes de visitar esse paraíso: que era parecido com José Ignácio no Uruguay, com Tullum no México, Com Ibiza na Espanha, com Montauk nos Hamptons, etc. A verdade é que a cor do mar de fato lembra algumas praias do Caribe de tão azul e rolam algumas semelhanças com Montauk e Tulum, sendo José Ignácio a que mais se assemelha. Porém, a atmosfera é única, só tem na Comporta, que desde a visita que vos narro passou a figurar na minha hotlist do verão europeu.

Condomínio de casas na Comporta
Condomínio de casas na Comporta

Fui com meus pais e meu marido e não estávamos no ritmo de balada, nem rola balada forte por lá na verdade, geralmente apenas algumas festas particulares e sunsets. Nosso cotidiano era pegar praia, almoçar num lugar gostoso, andar um pouquinho pela vila e “boa noite”. Recomendo no mínimo três dias para ter tempo de sentir mesmo o lugar mas lógico, cinco dias a uma semana é o ideal para relaxar.

PRAIAS

As três praias principais, Comporta, Carvalhal e Pego, possuem estacionamento coberto e descoberto logo na entrada. O valor é 3,00 Euros em dias úteis e 4,00 Euros no finde. Na alta temporada podem lotar e então é necessário ficar numa fila de espera ou parar o carro em um lugar mais distante, sem custo. Aliás, carro/moto/buggy é imprescindível e dependendo da localização de hospedagem dá para ir à praia de bike.

As praias não são muito diferentes umas das outras, vibe bem parecida. Listarei as que tive tempo de conhecer:

– Praia da Comporta 

É a que possui infra mais completa e eu amei. Fui na segunda semana de agosto, o que significa alta temporada na Europa, e estava bem tranquila, nada lotada. Logo na entrada, antes da longa passarela que passa pelas dunas e nos leva até a praia, tem uma banquinha com jornais, revistas e alguns apetrechos de praia, além de algumas duchas para lavar os pés antes de entrar no carro.

Deck sobre as dunas na Praia da Comporta
Deck sobre as dunas na Praia da Comporta

A água é de outro mundo: azulzinha, linda, limpa. A areia branquíssima, fofa, uma delícia. O verão é ameno e achei a água muito gelada, por isso não entrei no mar. Mas muita gente estava nadando tranquilamente.

Umas das minhas praias preferidas na Herdade da Comporta
Umas das minhas praias preferidas na Herdade da Comporta

O melhor esquema é alugar cadeiras ou camas na praia (na alta temporada precisa reservar – no Comporta Café) e foi o que fizemos. Alugamos as cadeiras normais + guarda-sol pois as camas já estavam todas reservadas. Também é possível levar sua própria canga e deitar onde desejar ali na areia, tem espaço de sobra.

Camas confortáveis na Praia da Comporta
Camas confortáveis na Praia da Comporta, estilo Tulum

– Praia deserta da Comporta

Na EN253-1, entre a Comporta e o empreendimento Soltroia existem 5 entradas por entre a vegetação rasteira das dunas que levam a pontos desertos na Praia da Comporta, onde apenas se avista mar, areia e um ou outro casebre. É necessários deixar os carro na estrada e caminhar uns 10 minutos pelas dunas. É mara e recomendo principalmente para quem curte estar em pleno contato com a natureza.

Praias desertas. Vale a caminhada.
Praias desertas. Vale a caminhada.

– Praia do Pego

Areia branca, cabanas, espreguiçadeiras (para alugar) e mar calmo dão o tom do lugar. Minha praia preferida, é ainda mais vazia e tranquila que a Praia da Comporta (não a deserta, claro). Mesmo esquema: passarela pelas dunas e praia imensa, faixa de areia das grandes. O visual não é muito diferente das vizinhas Comporta e Carvalhal.

Infra reduzida com apenas um restaurante – o aclamado Sal – e um bar de praia na areia. Não precisa de mais nada mesmo. Vá abastecido com seu protetor solar, um bom livro e basta.

Chegada na Praia do Pego
Entardecer na Praia do Pego

– Praia do Carvalhal

Mais agitada das praias, conta com tenda de massagens (20 Euros/20 minutos), rede de vôlei e biblioteca com livros para todas as idades. Gostei mas a Comporta e o Pego são ainda melhores.

Praia do Carvalhal
Praia do Carvalhal

– Praia da Torre

Semi-deserta. É necessário deixar o carro em Torre e caminhar por entre os arrozais em direção à duna, atravessá-la e só então chegar ao mar. Ficou na minha lista para a próxima vez.

Praia de Pinheiro da Cruz

Acessível apenas pelas praias vizinhas, as praias do Pego e Aberta Nova. Só para quem está bem preparado fisicamente. Haha! Outra que está na listinha de próxima vez.

RESTAURANTES

– Sal

Melhor restaurante para almoçar na Comporta. Famosíssimo, ponto de encontro dos descolados e eleito pelos leitores da Condé Nast Traveler o melhor bar de praia em 2015, o Sal fica sobre as dunas com vista privilegiada para a praia e o imenso mar azul da Praia do Pego. O ambiente é simples, descontraído e os peixes são frescos, deliciosos (vendidos por Kg). Não deixe de provar a lula aioli e a sopa de peixes frescos. Os acompanhamentos incluem especialidades locais. Tudo estava gostoso. Reserve mesa no terraço com vista para o mar pois sentar na parte de dentro é meio sem graça. A boutique vale uma olhadinha. Na Praia do Pego.

Almoço com vista para a Praia do Pego
Almoço com vista para a Praia do Pego

– Comporta Café

O dono do lugar, Luís Carvalho, passa férias na região desde criança e abriu em 2002 o estabelecimento, cujo conceito diz “Se quer uma extensão da casa de cada um”. O ambiente é hippie-chic, com vista para o mar – há o lounge, pé na areia, onde rola sunset com DJs das 16:30 às 20:30, ideal para drinks com petiscos e o restaurante “convencional” que serve pratos à base de ingredientes da região, principalmente arrozes e peixes. Recomendo almoço. Super cool. Praia da Comporta.

Quem quiser conhecer deve checar os horários pois rolam alguns eventos fechados no local.

Comporta café - Som alto e animação
Comporta café – Som alto e animação no final da tarde

– Ilha do Arroz

Fica exatamente do lado oposto do Comporta Café, na praia, e é uma delícia, mais tradicionalzão. A sangria de vinho branco merece a pedida para acompanhar os arrozes e saladas da casa. Reserve mesa fora para almoçar com vista para o mar. Praia da Comporta.

Arrozes deliciosos e vista ímpar
Arrozes deliciosos e vista ímpar

– Mosquito

Não é um restaurante e sim um bar de praia. Serve drinks, água de coco, cerveja e sanduíches na areia. Fica entre o Comporta Café e o Ilha do Arroz. Tem cadeiras e até rede. Na Praia da Comporta.

Visual do Bar Mosquito
Visual do Bar Mosquito

– Piadinas Zanotta

O food truck amarelo moderninho é recém chegado na Comporta e já angariou clientes cativos. Estava sempre movimentado no final da tarde e serve piadinhas salgadas e doces para um lanche rápido. Gostei da de presunto e queijo com rúcula. Fica no Largo de São João.

– Museu do Arroz

Um clássico na Comporta. Ótima opção para jantar e drinks. Funciona há mais de 20 anos em um antigo armazém de arroz e serve comida de base tradicional com apresentação caprichada. Adorei os pastéis de bacalhau e ficamos até mais tarde para alguns drinks e caipirinhas pois estava bem movimentado e agradável. Reserve. Fica na Estrada Nacional 261 km 0.

Interior caprichado com decor rústica
Interior caprichado com pé direito imenso

– Dona Bia

Mais um clássico para jantar. Concorridíssimo e reserva é quase imprescindível na alta temporada e feriados. Serve arrozes e frutos do mar. Não fui pois apesar de infinitas recomendações, inclusive de locais, não me apeteceu. Quem sabe na próxima. Em Torre.

– Sem Porta

Restaurante principal do hotel Sublime. Cozinha seasonal com ingredientes orgânicos do jardim e influência alentejana. À Partir de setembro o chef Manuel Maldonado será responsável pela cozinha. Recomendo reservar. Em Muda.

Visual moderno e cool no hotel Sublime
Visual moderno e cool no hotel Sublime

ATIVIDADES

– Praia, praia, praia, praiaaaaaaaaaaaaa!

Na boa gente, foi pra isso que eu fui. Hahaha!

– Bird watching

Existem Flamingos na região e muitos ninhos de cegonhas.

– Andar a cavalo na praia

A empresa Cavalos na areia organiza passeios na zona da torre (entre a Comporta e o Carvalhal) que passa pelos arrozais, pela praia e pelas dunas.

– Passear pelos vilarejos e de carro para ver os arrozais

A região toda parece bem inexplorada e é bonita. Os vilarejos são fofos, repletos de casinhas típicas alentejanas (em azul e branco) e na Comporta tem lojinhas bacanas.

Campos de arroz irrigados
Campos de arroz irrigados
Casa alentejana
Casa alentejana

– Passeio para ver golfinhos

A empresa Vertigem azul organiza passeios de barco em busca de golfinhos.

COMPRAS

Quem me acompanha aqui e no Instagram sabe que eu não sou muito de fazer compras quando viajo. Mas lógico que sempre dou aquela olhadinha básica e acabo encontrando algo que quero porque quem procura acha e nessa viagem eu estava com a minha mãe, que é loucaaaa por compras e “me obrigou” a entrar nas lojinhas todas. Não me arrependi.

Casas e cores típicas das volas da Comporta
Casas e cores das vilas da Comporta

Tudo bem no estilo da região, nada com pompa & glamour. Hahaha. Recomendo andar pelo Largo de São João. Segue o baile  a lista:

– Lavanda

Com cara de cabana, a loja vende túnicas, roupas de praia despojadas, alpargatas, bolsas, sandálias e até artigos para casa.

Fachada fofa e típica da Lavanda
Fachada fofa e típica da Lavanda

– Fio de Água

Encontrei biquinis da brasileira Lenny Niemeyer, que amo! Vende outras marcas também, além de toalhas, cangas, etc.

– Loja do Museu de Arroz

Rústica. tem coisas para a casa, saídas de praia, almofadas, bolsas, etc.

Restaurante, boutique e museu
Restaurante, boutique e museu

– Babouchette

Loja coolzinha com utensílios para casa, túnicas, bolsas de palha que amei, sandálias, acessórios, etc.

Bab
Bolsas de palha fofas na Babouchette

– TMcollection

Boutique bacana também presente em Lisboa, Cascais, Porto e Algarve. É seasonal na Comporta.

– Manumaya

Marca de inspiracao Maya há mais de 10 anos no mercado que vende peças feitas por famílias da Guatemala.

– Coral 

Vende perfumes da Comporta com nomes inspirados em praias, pessoas e restaurantes locais.

– Coté-Sud

Também encontrei biquinis da Lenny e bolsas de palha.

Doesn't#T get more "Comporta" than this
Mais “Comporta” impossível

ONDE SE HOSPEDAR NA HERDADE DA COMPORTA

São poucos hotéis na região e pode valer à pena alugar uma casa/villa.

– Hotel Sublime

Hotel mais luxuoso da Comporta. Dos mesmos donos do bom L’And, onde me hospedei quando fui para a região das vinícolas no Alentejo (postei tudo no Instagram).

Maravilhoso. Fiquei louca para passar alguns dias por lá. Me apaixonei pela villa com piscina.

Villa com piscina na Comporta
Villa com piscina na Comporta

– Casas na Areia

Projeto super cool do arquiteto Manuel Aires Mateus que começou como casa de veraneio e se transformou em um pequeno hotel. As quatros casas, duas de madeira e duas de concreto, são pé na areia MESMO, rústicas. A propriedade conta com piscina, cavalos, bicicletas e kayaks.

Projeto mara Casas na Areia
Projeto mara Casas na Areia

– 3 Bicas

Segredo mega bem guardado na Comporta. É uma casa luxo, toda de vidro e concreto com móveis assinados pelo casal Eames e totalmente integrada à natureza. São duas casas: uma que abriga mais de 10 pessoas e outra menor, mais simples, para 4 pessoas.

Comporta com muito estilo
Comporta com muito estilo

– Almond Blossom Rental Villas

A empresa possui algumas villas lindas para aluguel de temporada. Vale à pena olha o site deles.

– Airbnb

Procurar uma villa bacana com serviço (algumas oferecem motorista e chef) no Airbnb sempre é uma boa idéia.

FUÉN

Próximo a hora do pôr do sol acontece uma invasão de mosquitos. Não chegou a acabar com as férias, tanto que eu voltaria, mas incomoda. Caprichem no repelente e prestem atenção nas condições do lugar onde vão se hospedar.

COMO CHEGAR

Voar até Lisboa, a capital de Portugal, e depois dirigir uma hora até a Praia da Comporta. A estrada é tranquila e não pegamos trânsito algum. Para os mais animados pode funcionar um bate e volta.

A hora de visitar é agora. Não acredito que a vibe cool “intocada” permaneça por muito tempo.

É isso aí! Olhando as fotos agora bateu aquela vontade matadora de voltar. QUERO!

Espero que tenham gostado e que estejam viajando comigo pelo @marineira no Instagram!

Santé!

Você também pode gostar de

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *