Saint-Tropez: o badalado verão da Riviera Francesa

le_club_55

Saint-Tropez é um dos primeiros destinos que surgem na mente quando falamos em verão europeu. E não é à toa! Quem já foi quer voltar e quem não foi deveria planejar a viagem tipo AGORA. É bem verdade que o destino andou meio caído mas em 2017 deve voltar com tudo! O local oferece diversão para todos os gostos – pra quem quer cair na balada forte regada a muito champagne e também para aqueles mais focados em descansar num lugar gostoso, com praias bonitas, alta gastronomia, ótimos hotéis, galera animada, compras e um rosé que só de lembrar…

Vem comigo pra saber o que é imperdível na Riviera Francesa, um dos pontos mais badalados da Terra.

Saint Tropez localiza-se na região de Provence-Alpes-Côte d’Azur, sul da França, à 100km de Nice e sempre foi um destino popular entre artistas. Porém, na década de 60 o local se tornou também o ponto de encontro de celebridades americanas e européias e até hoje mantém a fama e o glamour.

Não se trata de um lugar repleto de coisas culturais e museus para visitar, apesar de a cidade ter sido importantíssima para a arte. A idéia dessa trip é aproveitar a paisagem incrível e a badalação. Não se engane, apesar do glam todo, rola aquele ar de lugar pitoresco, delicado, de vilinha francesa. Um charme!

O dia ideal em St Tropez inclui um beach club gostoso, uma volta pela cidade (praça des Lices, cidade antiga e o porto), bons drinks (um rosé Minuty cai bem), talvez uma visita a uma vinícola, um bom jantar e balada se sobrar energia.

BEACH CLUBS

– Le Club 55  (o nome é pronunciado em francês mesmo)

Na praia de Pampelonne, é o clássico e o meu preferido. Melhor lugar para passar o dia e curtir a praia.

Quem está de lancha ou yatch costuma ancorar para almoçar, tomar um drink e observar o movimento – um barco menor do clube busca as pessoas que estão em barcos maiores. Já quem vai para passar o dia no clube pode alugar cadeiras de praia ou barracas. Com certeza absoluta recomendo as barracas para mais privacidade pois principalmente em dias cheios as cadeiras ficam muito próximas umas das outras.

Barracas no Le Club 55 são a melhor opção
Barracas no Le Club 55 são a melhor opção

O restaurante do Le Club 55 é de-lí.cia! Não apenas os pratos são saborosos (peça a alcachofra) como também o ambiente é o mais perfeito e a diversão garantida. Rola uma bandinha para animar o povo durante o almoço e nos dias mais animados as mesas viram palco e todos, crianças, senhores e jovens sobem nelas para dançar e cantar. Uma verdadeira festa!

Agito no restaurante Le Club 55
Agito no restaurante Le Club 55

Tem serviço de manobrista e é possível ir só para almoçar ou só para pegar praia, não é necessário fazer os dois. Reserva Imprescindível, com boa antecendência na alta estação (julho e agosto) e principalmente aos domingos.

Delicious Artshock
Alcachofra maravilhosa do Le Club 55

Não deixe de dar uma passadinha na boutique que é fofa demais e vende umas bijoux, cangas e bolsas de praia lindas. E lógico, não deixe de pedir seu rosé gelado.

Para saber mais sobre o clube e para reservar, clique aqui.

– Les Palmiers

Menos conhecido que o Le Club 55, o Les Palmiers também tem acesso direto à praia de Pampelonne e é super agitado na alta temporada. Esteja preparado para DJ, música alta, muito rosé e champagne. Ritmo acelerado de festa. Mas atenção porque na baixa temporada pode estar meio vazio, hein?!

Decor all white no Les Palmiers
Fim de tarde e decor all white no Les Palmiers

O que mais me encanta nesse clube é o decor dramático. Tudo branco, do jeito que eu amo, com algumas peças bem exóticas para compor o ambiente e um charmoso jardim desértico na entrada. É possível almoçar num restaurante bem gostoso e alugar cadeiras e espreguiçadeiras na praia. Tem também uma lojinha bacana. Recomendo!

Entrada linda no Les Palmiers
Entrada linda no Les Palmiers

Saiba mais aqui.

– Bagatelle

Mais recente mas já bem conhecido, o Bagatelle também é sempre cheio na alta temporada. Eu gosto bastante. Possui acesso direto à praia e também fica em Pampelonne. Boa comida, música, galera animada e clima de festa dão o tom ao ambiente. A lojinha é super fofa. Como o club é mais novo, tem também um ar mais moderno. Precisa reservar, aqui.

Almoço delícia no Bagatelle
Almoço delícia no Bagatelle
Cadeiras de praia bem próximas umas das outras
Cadeiras de praia bem próximas umas das outras

– Jumeaux

Localizado em Pampelonne, esse beach club abrigou o pessoal que ficou órfão do épico La Voile Rouge. É um clássico, menos turístico e menos bombado/badalado. Indico pra quem quer ter um dia mais calmo, sem tanto agito. Tem acesso direto ao mar e um restaurante bastante respeitado, mais no alto e com vista ótima – vale ir só para almoçar também. Tem shuttle de barco.

Adoro o restaurante o Jumeaux
Adoro o restaurante do Jumeaux

Saiba mais aqui.

– Maison Bianca

É a novidade de 2017 na praia de Pampelonne. Nunca fui mais curti a fotos que ví. Tem um restaurante mediterrâneo e um sushi bar, boutique, massagem, concept store… Estou louca pra conhecer.

RESTAURANTES

Comer em St Tropez é aquela coisa, sobram boas opções. Eu sempre vou com a minha listinha e não consigo fazer metade pois quero revisitar lugares, repetir outros… Vale lembrar que almoços e jantares rolam tarde em St Tropez e que almoçar nos beach clubs (especialmente o Le Club 55, o Jumeaux e o Les Palmiers)  é sempre uma ótima pedida. Reserve SEMPRE. E vamos ao que interessa:

– Brasserie des Arts

Merece a visita muito mais pelo ambiente do que pela comida internacional. Mas merece! O som rola alto e num dia agitado o povo sobe nas mesas e dança como se não houvesse amanhã. Fica na pracinha principal da cidade, a fofa des Lices – se conseguir uma mesa fora ainda assiste os “campeonatos” de bocha que rolam bem na frente do restaurante. Haha! Reserve.

Ambiente que se transforma durante a noite
Ambiente que se transforma durante a noite

– Villa Romana

Amo a animação desse restaurante italiano! O decor é extremamente exagerado e passa tanto do ponto (em tudo), que fica bacana. Num determinado momento da noite são distribuídos óculos e acessórios malucos, que o a galera usa e se diverte. A sensação são os drinks giga para dividir (ou não). Reserve sem falta.

Ambiente kitsch no Villa Romana
Ambiente kitsch no Villa Romana

– La Maison des Jumeaux

Fica pertinho da praça de Lices e trata-se de uma casa provençal que serve comida mediterrânea na medida. Serviço atencioso e simpático. Mesas fora são as mais gostosas.

Delícia de restaurante
Delícia de restaurante

– Le Girelier

Adoro esse restaurante. Localização incrível no porto e com vista privilegiada para os yatchs e o agito da rua. Os pratos são gostosos, basicamente peixes e frutos do mar, frescos. Gosto de pedir a la plancha. Em todos os restaurantes do porto eu gosto de pedir mesa na frente – odeio ficar “enfiada” lá no fundo.

Vista "mais ou menos" no Girelier
Vista “mais ou menos” no Le Girelier

– Dior des Lices

O chef estrelado Yannick Alleno criou um menu leve e estival, que é servido no jardim da Maison Dior, em St Tropez. Rola café da manhã, almoço, jantar ou apenas um café ou sorvete. Uma delícia o ambiente e é possível também dar uma olhada na loja, né?!

Jardum super charmoso da Maison Dior
Jardim super charmoso da Maison Dior

– L’Escale

Outro restaurante que eu adoro, localizado no porto com vista privilegiada e o chão todo de areia. Cozinha franco-japonêsa. É do mesmo dono do L’Opera, que vocês me desculpem mas não consigo gostar e por isso nem vou listar aqui.

Recomendadíssimo! Peça mesa "na frente"
Recomendadíssimo! Peça mesa “na frente”

– La Vague d’Or

Três estrelas Michelin para a cozinha criativa do jovem chef Arnaud Donckele, que utiliza ingredientes raros para captar a essência da região. Possui menu vegetariano e opções à la carte. Fica no hotel Résidence de la Pinèd e o ambiente é formal. Reserve mesa do lado de fora para uma vista fenomenal!

Restaurante mais elegante de Sain-Tropez
Restaurante mais elegante de Sain-Tropez

– Casa di Stefano

Restaurante italiano que substitui o também italiano Cristina Saulini, que era um dos meu favoritos em St. Tropez. Ainda não fui e estou louca para conhecer. Pelas fotos o decor continua praticamente o mesmo e espero que a comida também. Fica na cidade velha, nas ruelas. Apesar de o ambiente ser aconchegante, nos dias quentes reserve mesa na rua, fora.

– Rivea

Pratos mediterrâneos assinados por ninguém menos que Alain Ducasse num ambiente lindo, iluminação na medida certa, no badalado hotel Byblos. Rola sentar dentro ou no terraço. Meio sisudo mas pode ser boa pedida antes de uma noitada na Le Cave. 🙂

Restaurante incrível de Alain Ducasse
Restaurante incrível de Alain Ducasse

– Le Banh Hoï

Restaurante asiático que serve pratos vietnamitas e tai. Low profile, na cidade velha. O interior é bonito mas sentar fora, na rua, é a melhor opção.

Interior no Le Banh Hoï
Interior no Le Banh Hoï

– Le Bistrot à la Truffe

Como sugere o nome, lugar perfeito para os amantes de trufas. Lugar bem relax, na rua da igreja. Peça mesa fora.

Fofíssimo e delicioso restaurante para quem curte trufas
Fofíssimo e delicioso restaurante para quem curte trufas

– Napoleon

Cozinha francesa em ótima forma num ambiente demais: sobre uma ruína, com paredes originais e com árvores que começaram a crescer por ali. Lugar onde antes funcionava o ótimo marroquino Salama.

– Hysteria

Bem jovem e super casual. Gosto da pizza. Antigo em St. Tropez.

Restaurante despojado e gostoso
Restaurante despojado e gostoso

– Le Belrose

Cozinha moderna, uma estrela Michelin e com vista para o golfo de St Tropez. Os queijos são coisa de outro mundo.

Icônico restaurante Belrose
Icônico restaurante Le Belrose

– La Tarte Tropezienne

Não é bem um restaurante mas é parada obrigatória para provar a torta que é a cara da cidade. Fica pertinho da praça des Lices é possível comer em pedaços ou em miniaturas.

O doce que é a cara de Saint-Tropez
O doce que é a cara de Saint-Tropez

BALADA

– Les Caves du Roy

Melhor e mais badalada noite de St Tropez. Esse ano então está com tudo pois comemora 50 anos e o povo está em polvorosa. A primeira vez que fui nessa balada eu era menor de idade e ainda levei meu irmão que tinha 14 anos, gente! Veja bem o absurdo! Me lembro que ele não tinha levado sapato mais arrumadinho para sair à noite (por motivos óbvios) e pedimos o sapato emprestado para o concierge do hotel na última hora – o cara foi super gente boa, emprestou e a gente aproveitou a noite horrores. Hahaha! Êeee tempo bom sem limite! Era época da copa de 1998 e o DJ tocou Daniela Mercury várias vezes. Aliás, o DJ Jack é praticamente o nome da casa e toca todos os hits que estão na rádio no momento. É divertido? Muito! O ambiente é opulento, dourado, exagerado. Fica no hotel Byblos e super vale reservar mesa nos dias mais cheios. Mas se não rolar, vá sem mesa mesmo que a diversão é garantida! O “esquenta” rola no bar do hotel com vista para a piscina.

Ambiente opulento da Les Caves
Ambiente opulento da Les Caves
Noitada animada na Les Caves
Noitada animada na Les Caves

COMPRAS

Principalmente durante a alta temporada é possível encontrar quase todas as grandes marcas em St Tropez – Céline, Fendi, Dior, Chanel… Algumas são pop-up stores e outras são definitivas mesmo. Mas devo confessar que não vou às compras em St Tropez. Visito poucas lojas:

– Sandálias Rondini

Um clássico de St Tropez, essas sandálias são lindas e muito confortáveis, ideais para enfrentar os paralelepípedos da cidade. Hahaha! O atendimento na loja é bem personalizado e o acabamento feito no nosso próprio pé. São poucos modelos e poucas cores, básicos. Amo!

– K. Jacques

Loja clássica de sapatos da cidade, também adoro as rasteirinhas, que podemos personalizar e deixar a nossa cara. O bacana dessa loja é que rola mandar a sandália para uma “repaginada” – eu já testei com uma rasteira que eu amava e ficou ótima.

– Kiwi

Loja com preço amigo de roupa de banho e acessórios. É onde compro minhas “cangas” listradas que são a cara de St Tropez.

– Feirinha Provençal da Praça des Lices

Geralmente rola às terças e sábados e tem de tudo para quem tem paciência para procurar. Um programa bacana.

Bolsas lindas do mercado da Des Lices
Bolsas lindas do mercado da Des Lices

VINÍCOLAS

O estilo de vida, a culinária e o clima da Provence tornaram o rosé seu melhor vinho. Na região de Saint-Tropez, 80% da produção da bebida é de rosé, que é feito principalmente de Cinsaut e Grenache e consumido pelo insaciável mercado local.

Pela estrada é possível avistar algumas vinícolas e normalmente é só entrar, em horário comercial, e fazer a prova ou/e comprar garrafas.

– Domaine de Tourraque

Uma das vinícolas mais espetaculares da Provance, com vistas de tirar o fôlego. As provas são gratuitas mas recomendo, além da prova, a visita guiada, que deve ser reservada com antecedência, pois não acontece todos os dias da semana. Reserve aqui.

lindo
Linda vista na Domaine de Tourraque

– Château Minuty

O vinho preferido do povo todo em Saint-Tropez merece a visita. Fica pertinho de Gassin. Saiba mais aqui.

HOTÉIS

– Byblos*****

Bem localizado e o preferido dos habitués da cidade. O hotel parece uma vila de pescadores e tem uma piscina bem concorrida com palmeiras e oliveiras em seu entorno. Conta com dois dos melhores restaurantes da vila e a melhor e mais concorrida noitada, a Les Caves du Roy. Comemora 50 anos agora, em 2017. Novo Spa Sisley.

Piscina do hotel Byblos
Piscina do hotel Byblos

– Sezz Saint-Tropez*****

Um dos hotéis boutique mais modernos e bonitos da região. Minimalista, elegante. A piscina é maravilhosa e um ótimo lugar para passar a tarde. O restaurante, Colette, é incrível e o bar tem parceria com a Dom Pérignon. Com certeza um dos meus hotéis favoritos, tem super a ver com meu estilo. Rola shuttle para as praias e para o centrinho, pois o hotel é mais afastado. Spa Payot.

Moderno hotel Sezz
Moderno hotel Sezz

– Villa Marie*****

Ideal para quem quer estar longe do agito da cidade, na colina de Ramatuelle com vista para a baía de Pampelonne, à uns 10 ou 15 minutos do centrinho e das praias mais badaladas. Cool relaxado, cara de vila italiana. Restaurante Dolce Vita muito bom. Um hotel Sibuet.

– Villa Belrose*****

Hotel com hóspedes elegantérrimos e vista incrível. Fica mais afastado do centrinho, uns 5 minutos de carro do porto. Membro do Small Luxury Hotels of the World. O estrelado restaurante Le Belrose é uma atração per se.

– La Bastide de Saint Tropez*****

Um Relais & Chateau lin-do! Pertinho do centro de St Tropez e uma das piscinas mais lindas da região. O restaurante L’Olivier conta uma estrela Michelin e rola também um bistro mais casual.

– Hotel de Paris*****

Um dos hotéis mais novos na área central da vila de St Tropez. Ambiente moderno e novo. Ideal para quem quer curtir a noitada em St Tropez e voltar a pé para o hotel. Membro do Preferred Hotels.

– Château de la Messardiere*****

Essa é a opção perfeita para quem quer tranquilidade e quer se hospedar num verdadeiro château. Está localizado na estrada para os beach clubs de Pampelonne, que é bem bonita.

– Muse Hotel*****

Design boutique hotel, um small luxury hotels of the world, bem relax. Ambiente intimista e moderno. Fica em Ramatuelle, pertinho dos Beach Clubs mais famosos.

Piscina linda do Muse
Piscina linda do Muse

– La Réserve*****

Em Ramatuelle, esse é outro hotel moderno. Bela arquitetura. Fica no meio do caminho entre os beach clubs e o centrinho da cidade.

– Pan Deï Palei*****

Hotel Relax & Château com apenas 12 suites numa mansão do século XIX. Hotel perfeito para quem não quer enfrentar o agito 24/07. Super elegante.

– Kube*****

Uma delícia de hotel, moderno, todo branco e com uma piscina linda, maravilhosa para passar o dia e curtir o pôr do sol. Fica mais afastado do centro da cidade, em Gassin, mas a apenas alguns minutos de carro do porto e dos beach clubs que interessam.

Lobby do Kube Hotel
Lobby do Kube Hotel

– Hotel Benkirai****

O hotel para quem não quer ostentar mas não abre mão de estilo. Minimalista e clean.

LOCOMOÇÃO

Carro imprescindível.

QUANDO

Pra curtir a bombação master, julho e agosto. Eu gosto de Setembro porque tudo já está mais vazio e tranquilo. Porém, já não é tão calor e alguns lugares já funcionam num ritmo de baixa temporada, como é o caso da Les Caves, que só abre alguns dias da semana e já está mais “tranquila” também.

Espero que tenham gostado! Com essas dicas em mãos, o verão europeu te aguarda! Só no brilho!

Santé! 🙂

 

Você também pode gostar de

7 Comentários

  1. Que paraíso esse lugar! Estou encantada lendo seu post. A cor da água é surpreendente e estou apaixonada por Saint-Tropez. Nem terminei de ler o post para vir aqui contar, tamanha empolgação!
    Adoro quando um post causa isso, muito obrigada por compartilhar!

  2. Uau! Que maravilha de local e de fotos 🙂 Assim até fico deprimida e quero ir já até St Tropez! parabéns pela partilha e obrigado. Sul de França é lindíssimo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *